×
Aplicativo Vivo Música
Rhapsody International Inc.
Baixe o aplicativo
Let It Be (Remastered) de The Beatles

Faixa

Let It Be (Remastered 2009)

The Beatles

Ouça no Vivo Música

Faixa

Let It Be (Remastered 2009)

The Beatles

Ouça no Vivo Música
Lançamento:
Gravadora: Emi Catalogue
O conceito original para "Let It Be" era particularmente ambicioso: escrever e ensaiar uma safra de novas músicas ao vivo e transmitir o resultado na televisão, em menos de um mês.

Os ensaios começaram no estúdio Twickenham em 2 de janeiro de 1969, com uma equipe de filmagem capturando cada detalhe. As frequentes situações estressantes levaram George Harrison a se desligar dos Beatles em 10 de janeiro do mesmo ano. Ele concordou em voltar sob duas condições: deixar o ambiente impessoal de Twickenham, mudar os ensaios para o aconchegante porão do escritório da Apple em Londres e cancelar a apresentação ao vivo para a TV.

Na Apple, a banda decidiu voltar ao conceito básico de gravar as canções ao vivo e sem qualquer dos efeitos de estúdio, instrumentais exagerados ou overdubbing de vocais usados em seu disco mais recente. O plano agora era filmar a banda gravando um álbum, da mesma maneira que havia sido feito na primeira vez que trabalharam em Abbey Road. Com o velho conhecido Billy Preston assumindo os teclados, metade das faixas presentes em Let it Be foram gravadas em apenas dois dias. No dia 30 de janeiro, para dar um efeito dramático ao filme, os Beatles enfrentaram o frio do inverno britânico e fizeram um show sem divulgação em cima do telhado do prédio da Apple. As versões ao ar livre de “Dig a Pony,” “I’ve Got a Feeling” e “One After 909” podem ser ouvidas no disco.

No dia seguinte, as câmeras foram posicionadas para o que seria o “Show no estúdio Apple”. Três faixas inadequadas para uma apresentação ao ar livre foram filmadas: “Let It Be,” “The Long and Winding Road” e “Two of Us.” Uma versão de estúdio para “Get Back”, gravada dois dias antes, foi lançada como single em abril de 1969 e alcançou o topo das paradas. Fora o lado B “Don’t Let Me Down”, todo o material ficou guardado até 1970.

Quando o documentário estava quase finalizado, o produtor Phil Spector mexeu em parte das gravações para lançá-las como uma trilha sonora. Ele quebrou a regra de não usar overdubs e adicionou arranjos para orquestra em três músicas, inclusive em uma gravação de 1968 de “Across the Universe”. A liberdade dada a Spector para editar, compilar e rearranjar o material do disco – sem consultar Paul McCartney – mostrava como a união da banda estava em frangalhos. Quando "Let It Be" foi finalmente lançado em maio de 1970, os Beatles haviam se separado. O sonho chegava ao fim.

Sobre este álbum

Faixas

Sobre este álbum

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.